Inverno 2013 é ousado com decotes, transparências e fendas

Sacada traz vestido com cintura marcada e comprimento no joelho

“Não existe pecado do lado de baixo do Equador…”. Os versos da canção do cantor Chico Buarque nunca estiveram tão inseridos no mundo da moda como nos desfiles apresentados na edição de inverno 2013 do Fashion Rio.

A temporada traz uma imagem feminina bem sensual com muitos decotes, fendas, recortes e transparências que revelam colos, , braços, barrigas, coxas e pernas. O Fashion Rio aconteceu até a última sexta-feira no Píer Mauá, no Cais do Porto, no Rio de Janeiro de 7 a 9 de novembro de 2012.
Além dos modelos com transparência, alguns estilistas optaram por uma nova sensualidade mais velada como os ternos que aparecem em várias coleções com
uma pegada mais sensual, mais justos e colados ao corpo.
O inverno tem muita interferência masculina como à volta da calça e o uso da camisaria que surgem muito forte na temporada do frio. A calça comprida, aliás, é presença
confirmada no próximo inverno e aparece desde os modelos mais confortáveis com leve pregueado, pantalonas e ainda bem curtas na altura do meio da perna. O jeans vem nas versões skinnys e ainda bem curtas no meio da perna.

A modelagem oversize também aparece na passarela de vários estilistas, mas com uma pegada sexy. As mangas são arredondadas e grandes, as saias são amplas, mas mostram as pernas e os jaquetões de ombros largos e calças amplas ganham parceria dos tops que mostram a barriga num verdadeiro de mostra e esconde ao mesmo tempo.

Os tecidos variam dos tecidos tecnológicos que surgem juntos aos tules, sedas, cetins, neoprene, moletons e alfaiataria. O vestido longo faz a festa da temporada e aparece ora liso ora em estampas alegres e coloridas. Algumas coleções trazem vestidos mais curtos, mas nada de curtinhos, eles vêm mais comportados, alguns com cortes levemente assimétricos. A saia longa também tem presença garantida na passarela e nas ruas do inverno 2013. Ela está em todas as coleções e faz a
festa dos estilistas que usam e abusam do modelo com camisas, túnicas e blusas delicadas. Também podem ser coordenadas com paletós ajustados.

E como abaixo do Equador nada é pecado e nem proibido, os shorts também dão o ar de sua graça em algumas coleções coordenados com mangas longas, casacos e ternos de alfaiataria.

Entre os sapatos, destaques para as botas que voltam com força total e vão desde as no meio da perna até as longas que sobem até os joelhos. Scarpins ganham bicos arredondados e confortáveis saltos médios. Mas o salto altíssimo continua
em sandálias e sapatos. Entre as bolsas, os tamanhos variam das pequenas de mão até as de tamanho médio. Os cintos aparecem ora bem fininhos, ora mais largos.

A cartela de cores vai do preto e branco ao off-white passando pelo colorido forte
como amarelo-limão, azul petróleo, vinho, verde escuro, amarelo, laranja,
pink, coral e vermelho.

Foto: Agência Fotosite

Sobre Lílian Moraes

Jornalista profissional, graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), apaixonada por moda e todo o universo fashion.